Playlist: Eleanor & Park

Oi galerinha!

Hoje estou aqui para finalmente fazer uma playlist dedicada ao livro Eleanor & Park que li há poucos dias atrás. Já postei a resenha no blog e você pode conferir aqui.

2560-eleanor-and-park-rainbow-rowell-wallpaper

Não foi difícil fazer essa playlist porque este livro tem muitas referências boas de bandas incríveis como The Smiths. Então, eu tentei selecionar músicas que tivessem letras relacionadas de alguma forma com a história. Consegui escolher 6 faixas, vou mostrar um trecho de cada uma e o link delas no YouTube 🙂 Vamos começar!

Continuar lendo

Resenha: Príncipe Mecânico

 

 

 

Autora: Cassandra Clare
Editora: Galera
Avaliação: ★★★★★

Segundo livro da trilogia “As Peças Infernais”, “Príncipe Mecânico” foi um dos melhores livros que já li, extremamente divertido e cativante, o livro é uma mistura perfeita de mistério, ficção e romance épico como só Cassandra Clare sabe fazer.

Sinopse:

Quando ameaçam Charlotte Branwell de afastá-la de seu posto como líder do Instituto de Londres, Tessa, Will e Jem serão mais do que nunca necessários para ajudá-la a cumprir o prazo de duas semanas que lhe foi imposto para que encontrasse o Magistrado, do contrário Benedict Lightwood assumirá o poder. Em meio a bailes frequentados por todo tipo de gente do Submundo, passeios pelo lado mais obscuro de Londres e contato com um estranho caçador de sombras em York, Tessa tem ainda que lidar com o seu coração, que cada vez mais se divide entre Will, cujas constantes mudanças de humor a confundem, e Jem, de quem ela tem se aproximado cada vez mais.

– Nunca me importei – prosseguiu – em ficar perdido, quero dizer. Sempre achei que ninguém pudesse se perder de verdade se conhecesse o próprio coração. Mas temo ficar perdido sem conhecer o seu. – Jem fechou os olhos como se estivesse exausto, e ela viu o quão finas eram as pálpebras dele, como pergaminho, e o quanto ele parecia cansado. – Wo ai ni, Tessa – sussurrou. – Wo bu xiang shi qu ni.
Ela soube, sem ter ideia de como, o que as palavras significavam.
Eu te amo.
E não quero perdê-la.

Mas isso não é tudo. Theresa Gray ainda é um mistério para todos que a cercam, inclusive para ela própria. Será que ela é, de fato, uma feiticeira? Por que Mortmain está tão interessado em seus poderes? Como ele está envolvido com seu passado? E se ela for, na verdade, uma mistura que ninguém conhece? São muitas as perguntas que surgem com sua nova vida em Londres, mas poucas são as respostas que ela consegue encontrar. Continuar lendo

Resenha: Eleanor & Park

Processed with VSCOcam with t1 preset

Autora: Rainbow Rowell

Editora: Novo Século

Páginas: 328

★★★★★ 

Sinopse:

Os personagens que dão título ao livro são dois jovens vizinhos de dezesseis anos. Park, descendente de coreanos e apaixonado por música e quadrinhos, não chega exatamente a ser popular, mas consegue não ser incomodado pelos colegas de escola. Eleanor, ruiva, sempre vestida com roupas estranhas e “grande” (ela pensa em si própria como gorda), é a filha mais velha de uma problemática família. Os dois se encontram no ônibus escolar todos os dias. Apesar de uma certa relutância no início, começam a conversar, enquanto dividem os quadrinhos de X-Men e Watchmen. E nem a tiração de sarro dos amigos e a desaprovação da família impede que Eleanor e Park se apaixonem, ao som de The Cure e Smiths. Esta é uma história sobre o primeiro amor, sobre como ele é invariavelmente intenso e quase sempre fadado a quebrar corações. Um amor que faz você se sentir desesperado e esperançoso ao mesmo tempo.

Processed with VSCOcam with t1 preset Continuar lendo

Resenha: Dezesseis Luas

 

 

 

 

 

 

Autoras: Margaret Stohl & Kami Garcia
Editora: Galera Record
Avaliação: ★★★★

Primeiro livro da série, “Dezesseis Luas” traz uma ótima mistura de romance, ficção e ainda uma pitada de mistério. “Beautiful Creatures” é minha mais nova aposta de saga sobrenatural.

Sinopse:

Gaitlin é uma dessas cidadezinhas do interior onde nada acontece e Ethan Wate está cansado dessa vida monótona. Ele não aguenta mais viver sendo o que as pessoas querem e esperam que ele seja, escondendo livros embaixo da cama e fingindo interessar-se pelos assuntos banais de seus colegas do time de basquete. Enquanto isso, ele sonha em chegar logo a faculdade e ir para o mais longe possível de casa, da memória do acidente de carro que o deixou sem mãe, e de seu pai, que quase não deixa o escritório desde a morte da esposa.

Quando um novo ano começa na Jackson High, Lena Duchannes é a grande novidade. Sobrinha do velho recluso da cidade, a quem ninguém vivo nunca viu, a menina é uma estranha e os habitantes de Gaitlin não são muito receptivos, ainda mais com membros da família Ravenwood. Mas para Ethan, ela não é estranha, pois ele descobre nela a garota com a qual veio sonhando o verão inteiro, um pesadelo no qual uma menina misteriosa era arrancada de suas mãos enquanto eles caíam em um vazio infinito. Em meio a suas tentativas de conhecer melhor Lena, Ethan irá perceber que ela guarda um grande segredo que poderá mudar a maneira como ele enxerga o mundo ao seu redor.

Todo dia era como um dia na vida de outra pessoa. (…) As nuvens eram mais interessantes, o refeitório era menos nojento, a música soava melhor, as mesmas velhas piadas eram mais engraçadas, e Jackson passou de um amontoado de prédios industriais verdes acinzentados a um mapa de momentos e locais onde eu poderia encontrar com ela. Eu me via sorrindo sem motivo, usando fones de ouvido e repetindo nossas conversas em minha mente só para poder ouvir sua voz de novo. Eu já tinha visto esse tipo de coisa antes.
Só nunca tinha sentido.

Continuar lendo

Resenha: Para Onde Ela Foi

 

 

 

 

 

Autora: Gayle Forman
Editora: Novo Conceito
Avaliação: ★★★★★

Sequência do aclamado best-seller “Se eu Ficar”, “Para onde ela foi” é um drama muito bem escrito, narrado pela perspectiva de Adam, o namorado da Mia, e que conseguiu superar a primeira história. Se você já achou o primeiro livro de partir o coração, prepare-se para quebrá-lo um pouco mais…

Atenção ! Esta resenha contém spoilers de “Se eu Ficar”! Confira a resenha do primeiro livro aqui

Sinopse:

Três anos se passaram desde o acidente de carro que deixou Mia sem sua família, três anos desde a promessa de Adam de que faria qualquer coisa se ela escolhesse ficar, até mesmo deixá-la ir, três anos desde que Mia saiu da vida de Adam para sempre.

Adam tornou-se um astro do rock, com fofocas sobre sua vida estampadas nos tabloides, uma namorada famosa com quem divide um apartamento em Los Angeles e problemas com a sua banda, Shooting Star, que decolou após o sucesso de “Collateral Damage”, o álbum escrito por ele, inspirado em seu término de namoro. Enquanto isso, do outro lado do país, Mia destaca-se como uma talentosa violoncelista clássica. Quando Adam tem finalmente uma noite livre em Nova York, antes de partir para uma turnê de três meses no dia seguinte, o destino irá reuní-los mais uma vez por uma noite. Será que essa noite trará as respostas que ele tanto buscou nos últimos anos?

“Meu primeiro impulso não é agarrá-la, beijá-la ou gritar com ela. Só quero tocar seu rosto, ainda corado pela performance de hoje. Quero diminuir o espaço que nos separa, medido em passos – não em quilômetros, não em continentes, não em anos – e colocar meus dedos calejados no seu rosto… Mas não posso tocá-la. Esse é um privilégio que não existe mais.

Continuar lendo